atendemos todos os segmentos do mercado!

Indústria

A demanda térmica das indústrias costuma ser elevada, gerando altos custos nas operações. Reduzir os gastos é necessário, principalmente para as empresas que têm maior variedade de produtos e alta concorrência.

O uso de pellets de madeira apresenta vantagens únicas para a indústria. Entre elas está a diminuição dos custos, a não produção de fumaça, maior segurança, alimentação automática em sistemas industriais e otimização no armazenamento.

Um exemplo de uso dos Pellets na indústria é o segmento de CERVEJARIA. As cervejarias estão usando pellets nos processos que precisam de um aquecimento uniforme, como a mosturação e filtração.

Outras empresas do segmento da Indústria, que dependem de produção à vapor, aquecimento da água e calefação de ambientes, também enxergam os pellets como uma solução ecológica, econômica e limpa.

Comércio

Os pellets oferecem menor risco, se comparado ao gás, mas garantindo a rapidez do aquecimento. Em comparação com a lenha, o pellet traz vantagens operacionais como automação, limpeza de processo, segurança no trabalho e fornecimento.

Veja a seguir quais segmentos já usam essa biomassa como solução:

Hospitais (no aquecimento central), Pizzarias (nos fornos), Hotéis (no aquecimento central), Academias (no aquecimento de piscinas), Lavanderias (na caldeira geradora de vapor e aquecimento de água).

Além disso, manter a água na temperatura ideal se torna mais fácil, já que os pellets têm uma queima uniforme. 

Outros comércios que precisam de aquecimento, podem trocar os combustíveis pelos pellets de madeira; para os que precisam economizar na eletricidade, é possível usar os pellets se houver uma fonte de energia.

Agronegócio

Os pellets também são uma ótima opção para aquecimento de ar, automatizando os maquinários e facilitando a mão de obra.

Para muitos avicultores, esse é um problema, já que a queima de outros combustíveis não é regular e precisa ser constantemente ajustada. Já os pellets oferecem autonomia de 10 a 12 horas (mesmo em dias mais frios), energia necessária para bom aquecimento, economia de combustível, combustão eficiente (menos fumaça), praticidade e comodidade.

Responsável por extrair a água da matéria prima, a secagem de grãos e folhas (milho, soja, tabaco etc.) consome muita energia durante o processo de produção. Na fornalha, também é possível usar os pellets para a combustão, diminuindo esses custos.

Para os aviários, por exemplo, o conforto térmico nas instalações é essencial para a boa produção, já que a climatização é uma solução que reduz a variação da cadeia produtiva. Mas para ter esse conforto, as temperaturas para recém nascidos (31ºC a 33ºC) e adultos (21ºC a 23ºC), com umidade relativa (65 a 70%), devem ser mantidas.

Residencial

Os pellets de madeira são tendência para as residências, que contam cada vez mais com o aquecimento de água e sistemas de calefação, já que são opções mais econômicas e eficientes do que outros tipos de energia ou combustíveis.

Eles podem ser usados, por exemplo, como combustível para as lareiras, aquecimento da piscina e até aquecimento do piso.

O aquecimento do piso é essencial para os dias mais frios, deixando todos os ambientes na temperatura ideal. Para quem escolhe o aquecimento hidráulico, a água quente distribuída nos cômodos, embaixo dos pisos, é aquecida em uma caldeira, que pode ser alimentada por pellets. Os riscos são menores ao trocar o gás por pellets, além de ser um material mais econômico e prático.

Para quem quer economizar e contar com uma energia mais limpa, pode também trocar a lenha por pellets e aproveitar os dias mais frios com um ambiente aquecido constantemente.

OS PETS MERECEM HIGIENE, VOCÊ MERECE ECONOMIA.

Entre em Contato